Copy
Newsletter Ana Rio Remax, Março 2016
Facebook
LinkedIn
Twitter
Google Plus
Website
Últimos Negócios Fechados

Moradia T2
Av. Egas Moniz, Francelos

 
Apartamento T3+1
Rua das Camélias, Mafamude

Apartamento T2+1
Rua das Artes Gráficas, Ramalde


Loja Baixa do Porto
Rua Dr. Sousa Viterbo, Vitória


O Seu Imóvel?




Os meus resultados melhoraram com
Alto Desempenho com PNL

(clicar na imagem)

Falta de oferta faz subir valor das rendas

 
O RICS/Ci Portuguese Housing Market Survey (PHMS) de Janeiro de 2016 — inquérito realizado mensalmente a 100 empresas profissionais de todo o país — regista ligeira subida da procura por potenciais clientes no mercado de compra e venda; e um sustentado crescimento das rendas no mercado de arrendamento, decorrente do crescimento da dinâmica de procura por parte dos arrendatários e do decréscimo nas novas ofertas por parte dos proprietários.
 
 
A análise do inquérito efectuado em Janeiro passado leva a concluir que no mercado de compra e venda as consultas por potenciais clientes subiram em Lisboa e no Algarve. No Porto, ao contrário, as consultas por novos clientes foram caindo ao longo do mês.
 
O indicador nacional relativo a vendas sugere que os volumes de vendas se mantiveram praticamente inalterados pelo segundo mês consecutivo. Do lado dos mediadores imobiliários há o registo de um ligeiro aumento das transacções em Janeiro, enquanto nos dos promotores o sentimento é de uma redução nas mesmas.
 
Os preços das casas “continuam a subir a um ritmo constante. Mas, neste capítulo, os promotores imobiliários são algo mais optimistas, apontando para uma tendência mais sólida relativamente à perspectiva dos agentes imobiliários. Segundo as respostas apuradas, prevê-se que o aumento dos preços das casas atinja 2,5% no próximo ano, quer em Lisboa quer no Algarve. Para o Porto as projecções são um pouco mais modestas, ficando-se por uma subida de apenas 1%.
 
Escassez de oferta leva a aumento de rendas
 
No mercado de arrendamento, “o hiato entre a crescente procura e as descendentes instruções dos proprietários” ampliou-se ao longo do mês de Janeiro, com as instruções de arrendamento a caírem ao ritmo mais rápido desde que o inquérito mensal a profissionais foi lançado em 2011. Este desequilíbrio crescente conduziu a uma aceleração do crescimento das rendas.
 
A auscultação do mercado leva o RICS/Ci Portuguese Housing Market Survey a prever que “as rendas cresçam ainda mais nos próximos três meses”.
 
 
Últimos Imóveis Angariados por Ana Rio
VENDA
Apartamento T3
Matosinhos Centro
Agora: 109.500€
Antes:   115.000€
VENDA
Apartamento T3 duplex
Casa Saúde Boavista
Preço: 190.000
 
VENDA
Moradia T5
Antas
Preço: 415.000

  
VENDA
Terreno
Sobreira
Agora: 30.000€
Antes:   40.000€
VENDA
Apartamento T3
Antas House
Preço: 235.000

 
VENDA
Apartamento T2
Lusíada
Preço: 98.000
 
VENDA
Apartamento T2+1
Ramalde
Preço: 95.000€

 
VENDA
Apartamento T2+1
São Cosme
Preço: 58.500€

 
ARRENDAMENTO
Loja
Cedofeita
Preço: 450€/mês

 
Share
Share
Tweet
+1