Copy
Instituições de ensino podem ser responsabilizadas civilmente por omissão ou negligência em casos de bullying e cyberbullying.  A Lei nº 13.185/2015, que entra em vigor em 6 de fevereiro de 2016, reitera as formas e o dever de diligência que escolas (clubes e agremiações também estão elencados na lei) devem ter diante de situações que indiquem estar havendo, contra crianças e adolescentes, qualquer tipo de intimidação sistemática. Sua escola já está enquadrada a nova lei? Sabe quais providências devem ser adotadas para o devido enquadramento? 
 05/01/2016 
Garoto de 7 anos gasta quase R$ 24 mil em jogo no iPad do pai

"A lição que fica de toda essa história é: cuidado com suas senhas e fique sempre de olho nas atividades online de seus filhos para evitar surpresas desagradáveis

 
Clique aqui para acessa o artigo
 07/01/2016 
Metade das fotos dos sites de pedofilia são tiradas das redes sociais dos pais

"São imagens das crianças fazendo atividades cotidianas que são retiradas do Facebook, Instagram e outras redes sociais"
 
Clique aqui para acessa o artigo
 12/01/2016 
8 ferramentas para facilitar a vida do professor em 2016

"Aplicativos e plataformas gratuitas que ajudam educadores na otimização do tempo, elaboração de aulas e organização de tarefas".

 
Clique aqui para acessa o artigo
 15/01/2016 

Cyberbullying não sai de férias

É muito comum que a pressão psicológica ocorra no período de férias escolares, quando crianças e adolescente possuem mais tempo ocioso para agredir e intimidar, “preparando o terreno” para o retorno das aulas.

Clique aqui para acessa o artigo
 19/01/2016 
O Menino De 3 Anos Disse Que Ouvia Vozes De Noite. Os Pais Descobrem Então Uma Verdade Chocante
 
"A babá eletrônica tinha sido invadida por um hacker e estava sendo controlada por um computador ou smartphone remoto".
 
Clique aqui para acessa o artigo
 21/01/2016 
Um terço das crianças faz amigos via internet

"O cyberbullying também foi identificado como um problema recorrente, com um em cinco afirmando já terem sofrido bullying online e um em dez confessando ter praticado."

Clique aqui para acessa o artigo
 22/01/2016 
7 motivos para seu filho jogar "Minecraft"

"com parcimônia, Minecraft pode ser aproveitado para incentivar pensamento criativo, trabalho em equipe e até mesmo aprendizagem ativa de diversos assuntos, como demonstram estudos."

Clique aqui para acessa o artigo
 29/01/2016 
Crianças estão infelizes com redes sociais, cyberbullying e medos, de acordo com ChildLine

"Estou chorando o tempo todo. Estou constantemente preocupada com o que outras pessoas estão pensando sobre mim e isso está me deixando para baixo. Eu uso as mídias sociais, às vezes, mas isso me deixa mais deprimida porque eu quase não tenho amigos on-line e ninguém gosta de minhas postagens/fotos."

Clique aqui para acessa o artigo
 16/02/2016 
Escola deve combater o bullying, determina nova lei brasileira

"A criança se sente mais exposta, mais desprotegida. Perfis fakes [que são páginas falsas de usuários que não existem], dão mais poder ao agressor, que se sente mais forte, já que acredita que não será descoberto”

Artigo com participação da advogada Alessandra Borelli 

Clique
aqui para acessar o artigo
 30/01/2016 
CAMPANHAS DE CONSCIENTIZAÇÃO PREVINEM O “BULLYING”

"Vale observar que, embora a lei em questão não determine expressamente a fiscalização das instituições de ensino quanto às medidas exigidas em seu texto nem preveja sanções por seu descumprimento, a omissão e/ou a negligência de eventuais casos de bullying podem resultar em sua responsabilização civil".

Artigo com participação da advogada Alessandra Borelli 

Clique
aqui para acessar o artigo
 07/12/2015 
BRINCADEIRAS PERIGOSAS: Quando o barato representa risco de morte

"A grande incidência de morte acontece quando, instigado pela curiosidade, o jovem entre 12 e 13 anos decide tentar a atividade sozinho e sofre uma parada cardíaca".

Artigo com participação da advogada Alessandra Borelli e da psicóloga Fabiana Vasconcelos

Clique
aqui para acessar o artigo
 07/12/2015 
Combate ao BULLYING: O que muda com a Lei Federal n. 13.185/2015?

“Estudos apontam que o bullying afeta diretamente o ambiente escolar, inclusive o rendimento de crianças e adolescentes”.


Artigo com participação da advogada Alessandra Borelli e da advogada Emelyn Zamperlin

Clique aqui para acessar o artigo
 15/11/2015 
Lei 13.185/2015: Diálogo e prevenção como principais instrumentos de combate ao bullying e cyberbullying

"Com o desenvolvimento dessas medidas e outras voltadas ao diálogo e acompanhamento dos filhos e educandos, o Programa de Combate ao Bullying é importante aliado à proteção do melhor interesse da criança e do adolescente"

Artigo com participação da advogada Alessandra Borelli e da advogada Emelyn Zamperlin

Clique 
aqui para acessar o artigo
Curiosidade:
Um garoto ficou paraplégico após levar um soco de um estudante cometendo bullying. Ele ganhou $4.2 milhões de dólares em um processo, que provou que a escola sabia que acontecia bullying no estabelecimento e não fazia nada para prevenir e punir esse comportamento.
Para mais informações, clique aqui.
         

Tel (55 11) 2189-0050 
contato@nethicsedu.com.br
www.nethicsedu.com.br


 ©2014, NETHICS - EDUCAÇÃO DIGITAL. Todos os direitos reservados.