Copy
Entrevista

Vila Conviver propõe novo olhar sobre as formas de habitar a cidade, avalia arquiteto e urbanista


Para o arquiteto e urbanista Evandro Ziggiatti Monteiro (1), coordenador do curso de graduação em arquitetura e urbanismo da FEC/Unicamp, a proposta da Vila ConViver, desenvolvida pelo GTMoradia/ADunicamp com base no conceito de cohousing, abre espaço para importantes reflexões sobre os padrões de moradia e convivência que estão estabelecidos hoje nos centros urbanos.

De acordo com ele, os atuais padrões de moradia – que “transformaram as residências em mercadorias” – deixam de lado importantes necessidades humanas e dão uma orientação, muitas vezes equivocada, ao modelo de convivência nas cidades.

“Na ideia do GTMoradia/Adunicamp o interessante é que isso tudo tem sido repensado, discutido. Então volta o debate: o que eu preciso de espaço para viver quando for velho? Aquela casa que eu comprei num padrão e que o arquiteto criou também num padrão será que é o que ainda me serve? Que tipo de padrão é esse? Que tipo de padrão e que lugar da cidade me interessa?”, aponta ele.

Evandro, que entre inúmeras outras obras assina o projeto do prédio onde está instalada a sede da ADunicamp, adiantou que vai atuar como consultor no projeto da Vila ConViver. “Vamos dar uma consultoria, mas acho importante que tenhamos também um grupo de arquitetos que possa auxiliar diretamente na execução do projeto, pois ele abre uma reflexão para todos nós aqui da Arquitetura e Urbanismo da Unicamp”, avaliou.
 
Confira a entrevista do professor Evandro Ziggiati ao site Longevidade ADunicamp aqui
Participe do encontro e conheça o projeto Vila ConViver
Copyright © 2016 ADunicamp - Associação de Docentes da Unicamp, All rights reserved.


Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list