Copy

FENACERCI NEWSLETTER

Nº 1 - Março 2015
Veja este email no seu browser

Nota de Abertura 

Em 2015, a FENACERCI - Federação Nacional de Cooperativas de Solidariedade Social, apresenta uma nova ferramenta de comunicação direta e objetiva sobre os vários domínios da sua ação. 
Complementar à interação permanente com as suas 52 associadas, à dinamização do site e das redes sociais (facebook e twitter), a Newsletter pretende, com uma periodicidade mensal, divulgar as principais matérias do interesse das Cooperativas de Solidariedade Social, no domínio da economia social e solidária e, fundamentalmente, apresentar os principais projetos na área da deficiência inteletual e/ou multideficiência.

A Direção 

Encontros Inter Centros

Os Encontros Inter Centros são uma realidade com 25 anos, que resultou da motivação de um conjunto de organizações preocupadas em dar resposta a clientes que habitualmente não participavam em atividades de caráter lúdico/ recreativo e desportivo, envolvendo aproximadamente 25 organizações da área da grande Lisboa  (http://inter-centros.blogspot.pt/). Os Encontros Inter Centros  resultam da Cooperação entre a F.P.D.D. (Federação Portuguesa de Desporto para a Pessoa com Deficiência) e a FENACERCI tendo por missão promover a acessibilidade, potenciação do trabalho em rede, redução de barreiras à participação, a experimentação e exploração das condições e potencialidades das práticas informais para pessoas com deficiência, podendo envolver diretamente nas suas atividades  as famílias, bem como, os trabalhadores das organizações, e a comunidade em geral.

Este projeto constitui-se como uma ferramenta de sensibilização, procurando desta forma, minimizar o preconceito sobre a incapacidade das pessoas com deficiência garantindo o acesso destas a um conjunto de actividades em condições de igualdade de oportunidades e de segurança perante os demais cidadãos tais como atividades e práticas desportivas, recreativas de lazer e culturais que contribuam para:  

  • o convívio e a inclusão
  • o acesso a novas experiências
  • o contato com outras realidades
  • a promoção de competências de relacionamento interpessoal e autodeterminação
  • a promoção da autonomia, bem-estar, cidadania e participação social da pessoa com deficiência.

Para saber mais: www.fenacerci.pt

Projeto Capacitar para a Cidadania

O projeto Capacitar para a Cidadania  foi um projeto cofinanciado pelo “Programa de Financiamento a Projetos pelo INR, I. P.” cujo objetivo foi desenvolver competências de cidadania e de liderança em pessoas com deficiência intelectual. O projeto desenvolveu e testou um currículo para a cidadania procurando  identificar barreiras à participação e à autorrepresentação e identificar um grupo piloto de líderes. Contou com a participação/colaboração de 3 associadas da FENACERCI: a CERCILISBOA, o CECD e a CERCICA.

O currículo integrou 9 módulos construídos de raiz e validados pelo grupo piloto de 27 pessoas com deficiência intelectual.

Para além da validação dos módulos, este projeto contou ainda com uma atividade de capacitação para a liderança destinada a alguns dos jovens identificados pelos seus pares como potenciais líderes.
Nesta atividade, 7 jovens com deficiência intelectual puseram à prova o que aprenderam durante a formação e experimentaram  na primeira pessoa os desafios da liderança e da construção de uma equipa. O balanço de toda a  atividade foi bastante positivo, com os participantes a reconhecerem que saíram desta mais capazes de liderar e de promover a autorrepresentação nas suas organizações e a nível nacional.
Importa ainda referir que, de acordo com a maioria das famílias dos jovens que frequentaram a formação, estes cresceram enquanto pessoas e enquanto cidadãos e cidadãs por terem tido esta oportunidade.
O projeto fez ainda um levantamento das práticas de capacitação bem sucedidas nas nossas organizações e produziu uma brochura digital em leitura fácil – Eu Conto!, onde é traçado um retrato nacional destas práticas.

Projeto (Des)Envelhecer Com Qualidade

O Projeto (Des)Envelhecer Com Qualidade – Um referencial de Formação para Prestadores de Cuidados;foi um projeto que procurou dar sequência a um outro que foi desenvolvido em 2012 com o cofinanciamento do INR, IP e do qual resultou um Referencial de Formação para Prestadores de Cuidados a pessoas idosas com deficiência. O principal objetivo de ambos os projetos é a capacitação das organizações e profissionais que desempenham a função de Prestadores de Cuidados , a partir da identificação de dificuldades na abordagem do envelhecimento e de metodologias e instrumentos formativos que apoiem a resolução das mesmas,  procurando desta forma, a promoção de mais bem-estar e qualidade de vida das pessoas idosas com deficiência intelectual e/ou multideficiência.

Reconhecendo que ser Prestador de Cuidados no contexto da Deficiência Intelectual e/ou Multideficiência é uma tarefa exigente, que deve ser reconhecida e valorizada no papel desempenhado por estes profissionais, tendo em conta que são eles que estão mais próximos nos cuidados a estas pessoas, e que esta exigência implica a capacitação destes cuidadores para que saibam lidar com eficácia com problemas específicos, procurou-se não só proceder à validação do Referencial de Formação dirigido a prestadores de cuidados por via do desenvolvimento do curso de formação que decorreu em Lisboa entre setembro e dezembro de 2014, como construir um produto final que entendemos como uma mais-valia para a ação a desenvolver nas organizações.
Trata-se de um par de infografias que, no essencial, refletem  o trabalho desenvolvido com e por estes prestadores de cuidados, e espelham a convicção de que por via dos contributos que deram e que decorrem da sua experiência profissional, enfocam a realidade do seu trabalho podendo inclusive, ajudar a promover ajustamentos de funcionamento dentro das organizações, que poderão facilitar o desempenho desta função no dia-a-dia.

REPRESENTAÇÃO DO SETOR COOPERATIVO NO COMPROMISSO SOCIAL

A FENACERCI mandatada pela CONFECOOP, tem manifestado o protesto pelo não reconhecimento das Cooperativas de Solidariedade Social no acordo designado como Compromisso de Cooperação para o Setor Social e Solidário,  celebrado pelos Ministérios da Saúde, da Educação e Ciência e da Solidariedade, Emprego e Segurança Social com as entidades da economia social, nomeadamente,  Mutualidades, Misericórdias e Instituições de Solidariedade Social, deixando de fora uma das principais famílias da intervenção social e solidária, as Cooperativas de Solidariedade Social.
Consideramos uma situação inadmissível que contraria princípios básicos de equidade que a democracia consagra e por isso mereceu uma posição de protesto clara e firme por parte da CONFECOOP e da FENACERCI. 

REVISÃO DO CÓDIGO COOPERATIVO

O CNES- Conselho Nacional para a Economia Social face à entrada em vigor da Lei de Bases da Economia Social, decidiu criar um grupo de trabalho cujo objetivo foi a revisão do Código Cooperativo e demais legislação aplicável. A FENACERCI no quadro de participação na CONFECOOP, integrou este grupo de trabalho, tendo desta forma, contribuído ativamente  para a realização de uma proposta do já referido código que procura fundamentalmente colmatar lacunas registadas na versão atual deste documento.
É importante salientar que todas as propostas apresentadas, respeitam os valores e princípios cooperativos previstos e consignados pela Constituição Portuguesa.
Neste âmbito, foi solicitado uma audiência a todos os grupos parlamentares da Assembleia da República para apresentação dos fundamentos da proposta de revisão do Código Cooperativo.

Facebook
Facebook
Twitter
Twitter
Website
Website
Email
Email
Copyright © 2015 FENACERCI, All rights reserved.
Fenacerci | Rua Augusto Macedo 2 A | 1600-794 Lisboa | Portugal
Tel. (+351) 21 711 25 80 | Fax. (+351) 21 711 25 81
E-mail : fenacerci@fenacerci.pt

unsubscribe from this list    update subscription preferences